São atividades que compõem a programação:

Mostra Artístico-Cultural 
Trabalhos Artísticos e Culturais submetidos no edital para compor o II Festival UFCA de Cultura por Projetos de Iniciativa da Comunidade Acadêmica e Programas e Projetos Institucionais da Procult/UFCA
Mesas e exibição de filme (demais atividades)
Atividades propostas para fomentar as reflexões sobre o tema “Cultura, Memória e Tecnologia” 
Grupos de Trabalhos (GTs)
Trabalhos submetidos no edital para compor III Colóquio Observatório Cariri por Projetos de Iniciativa da Comunidade Acadêmica e Programas e Projetos Institucionais da Procult/UFCA


Programação Geral


Terça-feira (3)

19h – 21h
Boas-vindas
Robson Almeida (Pró-Reitor de Cultura Procult/UFCA)

Conferência de abertura com Giselle Beiguelman (Link para acesso)
Mediação: Ivan Satuf (Coordenador do Observatório Cariri de Políticas e Práticas Culturais)
Giselle Beiguelman é artista e professora Livre-Docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Pesquisa preservação de arte digital, arte e ativismo na cidade em rede e as estéticas da memória no século 21


Quarta-feira (4)

09h – 12h
Oficina 01 – “Yoga só o mi” ser tão Yogi
Proponente:
UniYoga – Hatha Yoga Na Universidade
Descrição: Yoga é uma pratica mais antiga que a serra do araripe, os benefísú são muito vantajosus. E essa experienssa de virassão e ispichamento do corpo vai ser pra quem tá malamanhado noite e dia mexendo no celular e amucambado em casa. É pra num ficar adoentado do corpo e da cabeça. E num tem história de tá liso pra fazer a pratica, por que aqui é de grátis.


09h – 11h
GT 01 – Cultura e Práticas de Leitura (Link para acesso)
GT 02 – Cultura e Inclusão Social (Link para acesso)


14h – 17h
GT 03 – Cultura, Sonoridade e Visualidades (Link para acesso)
GT 04 – Cultura, Esportes e Performances de Movimento (Link para acesso)


14h – 17h
Oficina 02 – Comunicação antimachista e antiracista
Proponente:
Projeto Revista Bárbaras
Descrição: A oficina “Comunicação Antimachista e Antirracista” analisará a atuação de veículos de jornalismo tradicionais e sua contribuição à construção e manutenção de processos culturais e linguísticos excludentes, principalmente ao que se refere ao racismo
estrutural e ao machismo.

Oficina 03 – A história e desenvolvimento do Judô no Brasil
Proponente: Projeto Judo – Uma prática social e esportiva
Descrição:
Será apresentado a história da criação do judô, em seguida a sua vinda até o Brasil, o seu desenvolvimento por toda a região, seu impacto na cultura do país e seus principais personagens brasileiros.

Oficina 04 – Introdução à economia criativa
Proponente:
Projeto Feira Cariri Criativo
Descrição: A proposta desta oficina é trazer ao público do II Festival UFCA de Cultura uma versão sintetizada (e adaptada ao formato) do módulo sobre Economia Criativa, abordando os seguintes temas:
O que é economia criativa; Diferentes visões e conceitos; Organização dos setores criativos; Valores intrínsecos à economia do intangível
Princípios: Economia Solidária; Diversidade cultural; Sustentabilidade;
Inclusão; Inovação social.

Oficina 05 – Técnicas de fotografias para iniciantes
Proponente:
Fotografia alternativa: um estudo químico, físico e cultural
Descrição: Visto que a fotografia é algo que encanta a uma grande maioria de pessoas, pois é a arte de poder congelar o tempo, venho propor algumas técnicas de capturas de imagens que irão tornar suas fotografias melhores, com um toque profissional.


17h – 17h30
Lançamento da primeira edição da revista fotográfica “Alheios” (Link para acesso)
Proponente:
Projeto Alheios: as margens do Cariri
Ementa: 
Mostraremos a revista contextualizando com todo o processo de
produção da publicação. A ideia central é dar visibilidade ao grupo pautado na edição: os catadores de materiais recicláveis. Trazendo a público as histórias, cotidiano e problemáticas envolvendo seu trabalho. O público poderá interagir ao longo do lançamento, fazendo perguntas, comentários e o que mais for possível. Queremos levantar um debate acerca da temática presente não apenas na revista mas no projeto por completo.
Expositores: 
Julita Agapto
Vitória Pinheiro
Marília Medeiros
Você pode acessar a revista Alheios aqui. 


17h30 – 18h
Lançamento do II volume da terceira edição da revista Corte Seco (Link para acesso)
Proponente:
Projeto Corte Seco Revista de Audiovisual
Ementa:
A Corte seco Revista de Audiovisual vem buscando efetivar bom lastro de produção, neste ano a revista já disponibilizou a segunda edição completa, e atualmente finaliza a terceira. Esta terceira contará com dois volumes, devido a densidade e relevância observada nos textos e obras elaboradas. A Revista vem produzindo momentos expositivos de diálogo sobre o processo criativo e de produção, nestes momentos autores, ilustradores, designer e todos que se sentem à vontade para falar, ficam à livres para expor suas percepções do caminho de produção. 
Expositores: Paulo Junior
Paulo Rossi
Natália Pinheiro
Vitória Cavalcante
Você pode acessar a revista Corte Seco aqui.

Mediador:
Rodrigo Capistrano


19h – 20h
Mesa de lançamento dos livros: (Link para acesso)

Mulheres fotógrafas do Cariri (Clique aqui para acessar o livro)
Proponente:
Procult
Organizadores: Emanoella Callou
Resumo: O e-book apresenta a exposição fotográfica coletiva: Primeira Mostra de Mulheres Fotógrafas do Cariri, trazendo as obras e os perfis das fotógrafas participantes, com a expectativa de uma construção das memórias de mulheres no campo da arte e fotografia do território.

Caderno Rosa (Clique aqui para acessar o livro)
Proponente: Procult
Organizadores: Carlos Miranda/Ketthyle Rayanne
Resumo: Carlos Miranda nasceu em 10 de junho de 1985, em Catolé da Rocha, na Paraíba. Khettyle Rayane nasceu anos depois, no Cariri cearense. Cursou filosofia na Universidade Federal do Ceará (UFC), Campus Cariri. Neste livro, reunimos seus escritos literários, que revelam as dores e os amores de um eu lírico que experienciou a vida com bastante intensidade.

Expositores:
Pablo Pereira (Coordelista)
Emanoella Callou (Jornalista e UFCA)
Nayara da Silva (Estudante URCA e sobrinha de Khettyle Rayanne)

Mediadora
:
Camila Prado (UFCA)


Quinta-Feira (5)

09h – 12h
Oficina 06 – Pelúcia: Bichinho de pelúcia com meias
Proponente:
Projeto Tenda do Conto do Cariri
Descrição: Faremos uma oficina de artesanato mostrando o passo a passo da confecção de um bichinho de pelúcia com meias. Usaremos o artesanato como uma atividade lúdica e cultural, promovedora de saúde ao estimular o bem estar.


09h – 11h
GT 05 – Cultura, Cidadania e Direitos Humanos (Link para acesso)
GT 06 – Cultura, Memória e Saberes Populares (Link para acesso)


14h – 16h
GT 07 – Cultura e Educação I (Link para acesso)
GT 08 – Cultura, Saúde e Pandemia (Link para acesso)


14h – 17h 
Oficina 07 – Introdução à música Árabe e seus principais ritmos
Proponente:
Projeto Aprendendo a Arte da Dança do Ventre
Descrição: Esta oficina tem como proposta realizar uma ação de cultura, voltado as linguagens artísticas, em especifico a introdução música árabe e seus principais ritmos.

Oficina 08 – Realizando filmes no cariri: Uma Conversa com os Estudantes Egressos da UFCA
Proponente:
Projeto Fórum de Audiovisual da UFCA
Descrição: Realização de debate com a presença de ex-alunos da UFCA que desenvolvem profissionalmente algum segmento da cadeia audiovisual ou que seguem trilhando de alguma forma os caminhos da realização fílmica.

Oficina 09 – A história do Jiu – Jitsu e sua disseminação Pelo mundo
Proponente:
Projeto Jiu-Jitsu: vida saudável, mente serena
Descrição: A proposta tem como intuito divulgar informações acerca da história deste esporte tão praticado no Brasil nos dias atuais, afim de agregar possíveis adeptos ao esporte. A oficina tratará de tópicos como: história geral do jiu-jitsu, história do jiu-jitsu no Brasil, principais nomes do jiu-jitsu no Brasil e pelo mundo, importância do jiu-jitsu no âmbito mundial, etc.

Oficina 10 – Gerenciamento de Redes Sociais: Como dialogar com o receptor além do uso de palavras
Proponente:
Projeto Avia Comunicação
Descrição: A proposta da avia comunicação com essa oficina é mostrar as possibilidades que as redes sociais podem proporcionar aos seu usuários. Apresentando alternativas para potencializar o uso de plataformas como o Instagram, utilizando técnicas de escrita, design, análise de métricas e como esse conjunto de ações interferem nos algoritmos.


16h- 18h 
Mesa: Tempo e Tecnologias: Narrativas do presente (Link para acesso)
Proponente:
Procult
Ementa:
Em uma época marcada pela ascensão da extrema direita, a desinformação e as manipulações das grandes plataformas mundiais de comunicação são fundamentais para a compreensão de nosso tempo. As guerras de narrativas, por meio das tecnologias de informação, apresentam como um desafio e colocam em risco os regimes políticos democráticos.
Debatedores:
Ana Regina Rêgo (Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPI )
Tiago Coutinho (Professor do Curso de Jornalismo da UFCA )
Mediadora
Gabriela Catunda (UFCA)


19h – 21h
Mesa: Cinema brasileiro no tempo presente e os horizontes de expectativas (Link para acesso)
Proponente:
Procult
Ementa:
O cinema brasileiro vive um paradoxo. Enquanto os filmes apresentam uma grande diversidade temática e estilística, e são aplaudidos e reconhecidos em importantes festivais internacionais, as principais estruturas de financiamento e regulação do cinema brasileiro se encontram paralisadas.

Debatedores:
Lia Bahia Cesário (Doutora e Mestre em comunicação social pela UFF)
Affonso Uchôa ( Cineasta premiado em festivais nacionais e internacionais)
Mediador:
Ythallo Rodrigues (Realizador audiovisual e poeta)


Sexta-feira (6)

09h – 12h
Oficina 11 – Consumo integral de hortaliças
Proponente:
Projeto Horta Orgânica
Descrição: Proporcionar aos participantes uma visão mais profunda sobre a importância do reaproveitamento de hortaliças, produzindo alimentos saudáveis com aproveitamento integral das matérias-primas, evitando o desperdício, além de demonstrar os procedimentos básicos de higiene na manipulação dos alimentos e equipamentos.

Oficina 12 – Conceitos de primeiros socorros em trilhas
Proponente:
Projeto Práticas de Trilhas contra o sedentarismo (Trilhas da UFCA)
Descrição: A Oficina irá consistir na apresentação dos conceitos básicos de sobrevivência em relação a primeiros socorros de acidentes comuns na realização de trilhas e acampamentos. Previsão de duração de 01 hora, seguido por um momento aberto para dúvidas após a apresentação.

Oficina 13 – Racismo histórico no basquetebol
Proponente:
Projeto Basquetebol como ferramenta para inclusão social no âmbito acadêmico
Descrição:
Basquetebol categoria que há como principal referência do esporte o ex-atleta Michael Jordan, e outros nomes importantes como LeBron James, Kobe Bryant e entre outros, o que possuem em comum? Todos são negros e ainda assim persistem a prática racista dentro do esporte.


09h – 11h 
GT 09 – Cultura, Audiovisual e Sustentabilidade (Link para acesso)


14h – 16h 
GT 10 – Cultura e Educação II (Link para acesso)


14h – 17h
Oficina 14 – Grifo – UFCA: Produzindo um podcast
Proponente:
Projeto Grifo-UFCA
Descrição: Será apresentado a história do podcast no mundo e no Brasil. O surgimento da ideia do Grifo-UFCA. E como produzir um podcast a partir das seguintes expectativas: Temática, integrantes, nome do programa keywords e pauta

Oficina 15 – A aromacologia e saboaria
Proponente:
Projeto Saberes das mezinheiras da região do Cariri e óleos essenciais: uma abordagem química, cultural e econômica
Descrição:
Desde a antiguidade as plantas medicinais são utilizadas como fontes de remédio para auxiliar na cura das doenças. O tratamento curativo de doenças utilizando as propriedades dos óleos essenciais, a aromaterapia, foca tanto na área física, cuidando de problemas digestivos, dores e disfunções, como também na área psicológica, tratando, por exemplo, de
depressão e ansiedade ou insônia. Sendo assim, essa proposta visa aliarmos os poderes curativos das plantas medicinais à saboaria.

Oficina 16 – A arteterapia e as expressões das emoções
Proponente:
Projeto Arteterapia Sustentável
Descrição: A proposta tem como principal intuito explicar sobre o que é a arteterapia e suas vertentes, afim de direcionar uma nova maneira de lidar com os sentimentos. A oficina busca tratar os seguintes tópicos: “O que é a arteterapia?”, “De que maneira a arteterapia lida com as emoções?”, “Os diferentes tipos de arterapia”, “Alguns temas que podem ser abordados na arteterapia”, “Com quais materiais a arteterapia pode ser feita?” e a “A arteterapia e a Colagem”.

Oficina 17 – Dança do ventre e empoderamento feminino
Proponente:
Projeto Aprendendo a Arte da Dança do Ventre
Descrição: Esta oficina tem como proposta realizar uma ação de cultura, voltado as linguagens artísticas, em especifico a Dança do Ventre aliada ao Empoderamento Feminino.


17h – 17h30
#ExposedCariri: Do relato à cena (Link para acesso)
Proponente:
Projeto Teatro Musical
Ementa:
“#ExposedCariri: Do relato à cena” é resultado de uma
construção coletiva dentro do Núcleo de Teatro Musical da UFCA, coordenado pelo professor Ricardo Monteiro. Diante do cenário de mobilização social em torno da temática de violência e abuso contra mulher no cariri cearense, o trabalho se moldou a partir de relatos obtidos através das redes sociais (Twitter e Instagram) na tag #exposedcariri. O projeto tem por objetivo utilizar as linguagens artísticas para ilustrar as narrativas de mulheres marcadas pela violência, levando seus relatos, anônimos ou não, para o contexto cênico-musical. No atual momento de distanciamento social, o Núcleo concentra-se na produção audiovisual como alternativa de apresentação desta proposta, sendo assim serão exibidas três obras do projeto final em work-in-progress. O processo criativo das peças fundamenta-se nas seguintes etapas: transformação do relato escolhido em texto poético; criação da melodia e da harmonia; gravação e escrita da composição; concepção da cena.
Apresentadores:
Elvis Nazário (UFCA)
Wéric Silva (UFCA)
Rosana Diniz (UFCA)


17h30 – 18h
Coral da UFCA 2020: Entre lives, compartilhamentos, memórias, minutos da voz e igarapés (Link para acesso)
Proponente:
Projeto Coral da UFCA
Ementa: A proposta do Coral para o II Festival de Cultura da UFCA é a apresentação de relato de experiência das tantas trajetórias percorridas durante esse período de interrupção das atividades presenciais, que em verdade significou um aumento da intensidade de trabalho, bem como a possibilidade de o Coral enveredar por novas trilhas, que certamente farão muita diferença para o Coral frente a nova realidade. Nessa proposta, além do relato de experiência, será compartilhada e comentada a música Igarapé, composta pelo coordenador do projeto, o professor Renato Brito.
Tendo sua apresentação de estreia nas redes sociais do coral, é uma música a oito vozes para coro a capela, executada pelo Coral da UFCA a parte da técnica do Coro Virtual.
Apresentadores:
Renato Brito (UFCA)
Judah de Holanda (UFCA)


18h – 18h30
Apresentação de cordéis do projeto Engenharia Cordel e Cariri II (Link para acesso)
Proponente:
Projeto Engenharia Cordel e Cariri II
Ementa:
A proposta faz uma amostra do trabalho desenvolvido pelo projeto Engenharia Cordel e Cariri II, onde ocorre uma abertura com considerações iniciais sobre o vídeo produzido pela equipe, em seguida o vídeo é apresentado com três partes: Apresentação da metodologia e visão do projeto e a menção aos trabalhos em cordel que são declamados pelos membros da equipe de discentes (membros voluntários e membro bolsista), com fechamento do vídeo pelo coordenador. Após o vídeo será aberto um tempo para perguntas aos participantes, onde todos estarão presentes on-line no evento.
Apresentadores:
Aerson Moreira Barreto (UFCA)
Paulo Victor Teixeira Filgueira (UFCA)
José Wytallo da Silva Brito (UFCA)
Pedro Lucas Gonçalves Rodrigues (UFCA)


19h:

Mesa de Encerramento: Agrupamentos tradicionais em tempos de pandemia: Os mestres da cultura e cultura remota (Link para acesso)
Proponente:
Procult
Ementa:
Esta mesa virtual visa discutir as relações entre a cultura tradicional do Cariri cearense e a utilização dos meios digitais. Em tempos de pandemia e isolamento social, atividades remotas transmitidas através da internet tornaram-se os principais meios de divulgação da cultura. Através de entradas ao vivo nas redes sociais, as chamadas lives e aplicativos de gerenciamento de reuniões remotas, artistas e produtores de conteúdo têm veiculado sua produção através do meio digital. De que maneira os mestres da tradição oral, cujos fazeres estão intimamente ligados ao cotidiano e ao convívio social, lidam com o distanciamento proporcionado pelas atividades remotas nos meios digitais?
Debatedores:
Mestre Expedito Caboclo (Mestre mais atuante de Juazeiro do Norte) 
Mestra Marinez ( Fundadora do Coco Frei Damião)
Hudson Jorge ( Jornalista/O Berro Filmes)
Mediador: 
Di Freitas (instrumentista + luthier) 

Lançamento do Filme: Baile dos Reis
Proponente:
Procult
Sinopse:
Na periferia de Juazeiro do Norte, maior cidade do Cariri cearense, o Reisado do Mestre Dodô prepara o terreiro para a brincadeira. Brincar o Reisado entre esses velhos amigos, irmãos, agricultores, trabalhadores, jovens e crianças, é também uma manifestação de resistência da cultura popular viva. O canto, a dança, a poesia, a luta de espadas e a representação dramática dos entremeios se revelam no momento de arrebatamento dos corpos cansados do trabalho, mas que se revigoram no Baile dos Reis.
Equipe
Direção e Roteiro: Luís André Araújo, Reginaldo Farias e Ythallo Rodrigues
Produção executiva: Caroline Louise
Produção: Hudson Jorge
Direção de fotografia e câmera: Victor de Melo
Som direto: Pedro Diógenes
Argumento e Montagem: Ythallo Rodrigues
Edição de som e Mixagem: Lucas Coelho de Carvalho
Assistência de produção: Alana Morais e Xico Fredson
Assistência de câmera: Antônio José Bezerra (Pajé)
Tradução para inglês: Isabel de Sousa Ribeiro

O filme será liberado na quinta (5), 21h e estará disponível até sexta (6) 23h59 (acesse aqui)